A comunicação é um ato social

A comunicação deve ser vista como um ato social, o que seria então uma fala expressiva ou por imitação? Vamos aqui expressar algumas ideias que partiram dos meus estudos em Neurolinguística quando me deparei com o seguinte conhecimento:

  • Fala auto-expressiva – é gerada em tempo real e requer habilidade na coordenação complexa dos articuladores, em graus variáveis de competência;
  • Fala por imitação – é pré-gerada; o padrão motor é formado um contínuo porque o modelo interno já está determinado (linha de base melódica e mensagem formulada).

Na primeira, eu vejo a fala espontânea – a que tem maior função social e pragmática – a que os pais dos meus pacientes autistas tanto desejam.

Na segunda, vejo a causa de muitas outras chegarem até a mim – devido a padrões ecolálicos e de script. A fala por imitação é importante em alguns casos, como cantar uma música, representar uma peça de teatro… Mas ela é limitada e não expressa padrões internos – ela é a externalização de um padrão já concebido! Ou seja, se o padrão não estiver arquivado, a criança não tem repertório para produzir e então aparecem as ecolalias muitas vezes imediatas ao que o outro perguntou, por exemplo, ou a criança tenta encontrar em seu arquivo algo que se encaixe naquela resposta e responde muitas vezes de forma descontextualizada.

Pensar em aquisição de linguagem, fora de um contexto social, ao meu ver, é realizar programações e posteriormente se deparar com falas em scripts, ecolálicas e em muitos momentos descontextualizadas.

Vale lembrar que esses dois “tipos de fala” seguem conexões neurais diferentes – o motivo pelo qual os gagos conseguem cantar e interpretar sem gaguejar, e, em fala espontânea não – logo, se você estimula uma fala por imitação e não por caminhos de interação e buscando a auto-expressão, você não irá alcançar o mesmo produto final e a criança por si só NÃO irá contextualizar e generalizar em algum momento – neurologicamente falando.

Comente via Facebook

Adicionar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons